TV espanhola acusa o Barcelona de lucrar de forma irregular com ingressos

O Barcelona foi denunciado pela cobrança irregular de ingressos em seus jogos, conforme uma investigação divulgada pelo canal de “TV3”, da Espanha, nesta segunda-feira. Segundo a apuração do canal, a diretoria do clube catalão aumentava os preços dos ingressos e lucrava em cima das vendas de bilhetes que pertenciam aos sócios. Isso aconteceu em pelo menos dez partidas das últimas três temporadas.

De acordo com a “TV3”, toda vez que um sócio avisa que não vai comparecer a um jogo, seu assento é cedido ao Barcelona para ser vendido a um torcedor comum. No esquema, o clube trocava o bilhete normal e o chamava de premium, onde deixava de cobrar 200 (R$ 750,70) para comercializar por 1,5 mil euros (R$ 5.6530,25), um valor oito vezes maior do que o normal, atesta o Extra.

Porém, o dinheiro não era repassado ao sócio e ficava nos cofres da equipe. Por exemplo, em um clássico contra o Real Madrid, o Barcelona lucrou irregularmente 2,5 milhões de euros (R$ 9,38 milhões). O certo seria repartir o valor das vendas em 50% para cada – metade para o clube e a outra para o sócio.

“Os assentos liberados pelos sócios eram vendidos a preços muitos superiores aos do guichê. Em troca, não foram dadas as contrapartidas estabelecidas pelas próprias normas do clube”, diz trecho da reportagem da TV3.

03/07/2017

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *