Trio é preso com pedras preciosas sem comprovação de origem na BR-423, em Canapi

Três homens foram presos na quinta-feira (17), com 139 pedras preciosas durante fiscalização na BR-423, no município de Canapi.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os três homens estavam viajando em um Vw/Voyag, com placa de Governador Valadares, Minas Gerais. Eles falaram para os policiais que estavam indo para o Rio Grande do Norte, que trabalhavam com a lapidação das pedras e eram os proprietários delas.

Porém, as pedras não tinham comprovação de origem e de autorização de extração. Os suspeitos foram conduzidos para Delegacia de Delmiro Gouveia e devem responder pelo crime de usurpação de patrimônio da União. As pedras foram encaminhadas para perícia da Polícia Federal.




Botão Voltar ao topo