Projeto Coração de Estudante promove assistência médica à criança de 3 anos com cardiopatia grave

Com o apoio da Algás, o “Projeto Coração de Estudante” é uma iniciativa da Fundação Cardiovascular de Alagoas que tem o objetivo de reduzir a mortalidade infantil no estado. As ações são direcionadas a crianças de 0 a 5 anos, que recebem atendimento médico em escolas de educação infantil da rede pública de Maceió. Além disso, os responsáveis e funcionários das escolas também recebem orientações e treinamentos de primeiros socorros.

Em uma das ações realizadas pelo projeto, Darlisson da Silva recebeu o diagnóstico de Persistência do Canal Arterial (PCA). O canal arterial promove a comunicação da aorta com a artéria pulmonar, permitindo manutenção do fluxo sanguíneo do corpo, mas nos casos de PCA esse funcionamento é comprometido, podendo levar à pneumonia de repetição e insuficiência cardíaca.

Com a assistência do Coração de Estudante, o Darlisson foi encaminhado à Casa do Coraçãozinho, onde foi submetido à correção cirúrgica de sua cardiopatia e passou a receber todo o acompanhamento necessário de forma gratuita pelo Dr. José Leitão.

“A correção cirúrgica foi realizada pelo nosso serviço, no Hospital do Coração de Alagoas e o quadro vem evoluindo muito bem. O procedimento ocorreu com sucesso, sem intercorrências e todo o acompanhamento continua sendo feito na Casa do Coraçãozinho”, salienta o cardiologista.

Segundo Darlane da Silva, mãe do garoto operado, os profissionais vêm conduzindo com muita atenção os atendimentos e Darlisson passa muito bem. “Ele está ótimo, o acompanhamento foi muito bom e meu filho recebeu toda a atenção possível. Sobre o projeto, só tenho coisas positivas para falar”, declarou Darlane.

O programa é formado por uma equipe de cardiologistas, cardiopediatras e cirurgiões cardiovasculares do Hospital do Coração de Alagoas (HCor), além de acadêmicos dos cursos de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), Centro Universitário Unit e Centro Universitário Cesmac, que trabalham voluntariamente em prol do bem-estar de crianças.

Em 2019, o “Projeto Coração de Estudante” promoveu 18 ações em 15 bairros da capital alagoana, contemplando 57 escolas de educação infantil. Já na reta final de seu calendário, estão marcadas duas ações que acontecerão até o fim do ano. No próximo dia 25, a iniciativa chega ao CMEI Pompeu Sarmento, localizado no bairro do Barro Duro. Encerrando o calendário de 2019, o Conj. Joaquim Leão receberá a última ação do ano que será direcionada às crianças do CMEI Lindolfo Collor.

Ascom – 23/10/2019