PREPARADA! Prefeitura de Maceió amplia Rede de Frio e capacidade chega a quase 700 mil doses

Espaço pode receber até 550 mil doses de vacinas exclusivas da Covid-19

Com o intuito de garantir o armazenamento e acondicionamento correto das vacinas para imunização contra a Covid-19 e do calendário vacinal, o prefeito JHC e o secretário municipal de Saúde, Pedro Madeiro, entregaram mais dez câmaras frias para a Central Municipal de Rede de Frio, na tarde desta quarta-feira (20). Com isso, a capacidade do espaço chegou a 694.500 doses.

A ação integra ainda os esforços da Prefeitura no combate à Covid-19, já que, desse total, 550.500 doses são voltadas para armazenar as vacinas Coronavac. As outras 144 mil doses correspondem as vacinas de rotina da população.

“No estado de Alagoas, a gente tem a maior Central de Rede de Frio e a gente coloca também à disposição do próprio estado e dos municípios que assim precisem e desejem. Encontramos aqui um local com a capacidade para apenas 144 mil e nós conseguimos ampliar. Então, aos poucos aqui vai ficando repleto de câmaras apropriadas para armazenar qualquer tipo de vacina. Este é motivo de alegria pra gente”, destacou o prefeito JHC.

Além da capacidade reduzida, a Central possui outros problemas encontrados que foram resolvidos ao longo da semana, visando ter um espaço adequado para o recebimento, armazenamento e distribuição dos imunobiológicos.

O local conta agora com dois geradores de energia para garantir o abastecimento elétrico, já que os insumos precisam ser armazenados entre 2°C e 8°C; um transformador elétrico e uma bomba extra de captação de água.

Para o secretário Pedro Madeiro o recebimento deste equipamento mostra que Maceió está preparada para receber mais doses da vacina e imunizar a população.

“Agora temos mais 125 mil [de capacidade] que vão ficar exclusivas para que, a medida que os imunizantes sejam produzidos, nós tenhamos toda a capacidade de armazenar qualquer quantidade que sejam disponibilizadas para Maceió”.

1° dia de Vacinação

Hoje vai dado início a vacinação dos idosos das Instituições de Longa Permanência e dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate ao novo coronavírus. Neste primeiro dia já foram imunizados 641 pessoas.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!