Prefeito eleito de Jequiá diz que irá priorizar o esclarecimento da morte de candidato a vereador

Na madrugada desse domingo (30), a morte do ex-candidato a vereador em Jequiá da Praia, ainda segue sem esclarecimentos.

Felipe Jatobá, prefeito eleito pelo município, afirmou irá priorizar o esclarecimento do crime que vitimou Genival Pedro, conhecido como ‘Bilu’. “Vou exigir junto às autoridades que as circunstâncias do crime sejam apuradas e os culpados identificados. Temos a certeza de que foi uma execução, um crime encomendado”, disse o prefeito.

De acordo com Felipe, no momento do crime não havia policiamento na cidade, uma vez que a única viatura do Grupamento de Polícia Militar (GPM) que faz a segurança no município estava em Roteiro, cidade vizinha a Jequiá, que também recebe cobertura policial da mesma guarnição.

“O governo do Estado precisa ser cobrado com relação à segurança pública de Jequiá, que divide uma única viatura do GPM de São Miguel dos Campos, com Roteiro. No momento do assassinato, não havia nenhum efetivo em Jequiá, nossa delegacia não funciona. Precisamos que o GPM seja devidamente estruturado”, concluiu.

O caso

O ex-candidato a vereador por Jequiá da Praia, Genival Pedro, conhecido como ‘Bilu’, foi assassinado ao chegar em sua casa, na madrugada desse domingo (29). Segundo informações veiculadas pelas redes sociais de um portal de notícias do município, Bilu foi atingido por cinco disparos de arma de fogo e morreu no local do crime.

As informações preliminares dão conta de que a vítima estava acompanhada da esposa, quando percebeu os disparos e pensou se tratar de um assalto. Ele chegou a abraçá-la numa tentativa de protegê-la dos disparos.




Botão Voltar ao topo