Petrobras reajusta gasolina após 18 dias; diesel não muda


A Petrobras elevou em cerca de 2 por cento os preços da gasolina em suas refinarias nesta terça-feira, após ter completado na véspera um total de 18 dias sem reajuste no combustível, enquanto a cotação do diesel foi mantida estável.

Segundo informações no site da petroleira, o reajuste médio na gasolina foi de 0,0396 reais por litro. O movimento leva o preço médio nas refinarias para aproximadamente 1,97 real por litro, com base em dados da Petrobras compilados pela Reuters.

Já o diesel foi mantido sem reajustes após uma alta de 4,8 por cento na quinta-feira passada, para 2,2470 reais por litro, informa o Terra.

Desde a véspera, a Petrobras não tem mais divulgado o preço médio da gasolina e do diesel em seu site, como fazia até então, mas apenas preços médios de cada combustível por ponto de fornecimento, com o diesel ainda separado por tipo (S10 e S500).

A empresa ainda divulga o reajuste médio praticado, em reais.

A comentar a mudança na divulgação, a Petrobras disse que está comprometida com a “transparência”.

Os reajustes da Petrobras têm sido acompanhados mais de perto por analistas de mercado desde que a companhia recuou no início do mês de uma alta de 5,7 por cento no diesel, após ligação do presidente Jair Bolsonaro ao chefe da estatal, Roberto Castello Branco, em meio a temores de uma greve dos caminhoneiros.

Após a medida, o presidente Bolsonaro encontrou-se com executivos da petroleira, enquanto diversos membros do governo e executivos da Petrobras negaram a possibilidade de intervenção estatal sobre a política de preços da companhia.

23/04/2019