Motorista de transporte irregular é detido após fugir de operação conjunta entre BPRv e Arsal

Na manhã desta quarta-feira (23), equipes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) detiveram um motorista de transporte complementar após ele fugir de uma operação conjunta realizada na rodovia BR-101, no Distrito Luziápolis, no município de Campo Alegre.

Os policiais militares e os agentes realizavam uma fiscalização para coibir a prática de transporte irregular de passageiros, quando foram surpreendidos pelo indivíduo que conduzia um Fiat Ducato, de cor branca, e transpôs o bloqueio e invadiu a contramão de direção com o objetivo de se evadir do local (confira vídeo abaixo).

De imediato, as equipes iniciaram o acompanhamento até conseguirem abordar o infrator após vários quilômetros, já dentro da área urbana. Durante a fuga, o motorista efetuou manobras perigosas, colocando em risco a vida dos condutores que trafegavam pela região, dos passageiros da van e dos pedestres.

Após a abordagem, foi realizada a busca pessoal e veicular. Durante a entrevista policial, o condutor informou que fugiu porque não possuía autorização para transportar passageiros e também não possuía nenhuma identificação de controle da Arsal.

Ele foi então encaminhado para o Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que registrou a ocorrência, e, em seguida, foi conduzido junto à Polícia Civil para a adoção das providências necessárias no âmbito de sua competência.

Ação educativa

Como parte do planejamento comemorativo à Semana Nacional do Trânsito, o BPRv e o 3º Batalhão da PM realizaram uma ação educativa na rodovia AL-220, em Arapiraca, com o apoio do Ministério Público Estadual e da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) da cidade na manhã desta quarta.

A Blitz foi realizada com o objetivo de orientar e educar os usuários do trânsito nas rodovias. Além das abordagens e orientações, foram distribuídos panfletos educativos e ministradas mini-palestras sobre educação no trânsito e risco à vida humana, com o objetivo de promover uma mudança de comportamentos individuais e coletivos.

Durante a ação, em razão da gravidade dos flagrantes, foi necessária a lavratura de autos de infrações por irregularidades de trânsito.




Botão Voltar ao topo