Moradores do Rio atacam Marina Ruy Barbosa após polêmica no Twitter


Mesmo com as melhores das intenções, Marina Ruy Barbosa está sendo atacada no Twitter após fazer uma cobrança ao Rio de Janeiro. Ela cobrou acessibilidade para os turistas idosos e acabou gerando revolta em quem mora na cidade.

Tudo começou quando pediu uma solução para uma escada rolante que está quebrada no alto do morro Corcovado, dificultando a chegada de turistas ao Cristo Redentor. No entanto, passou a ser acusada de ignorar problemas maiores na cidade.

“Soube recentemente sobre a questão da escada rolante que leva ao Cristo está há mais de 2 meses quebrada. Alguma previsão de quando isso será resolvido? Como carioca e apaixonada pelo Rio fico muito triste com a situação”, escreveu Marina, segundo o Terra.

A partir daí, muita gente passou a rebater. “Usa o espaço que tem pra reclamar de escada rolante em ponto turístico caro pra gringo ver, já diz muito quais são as prioridades dela e a bolha que vive”, disparou um seguidor.

Revoltada com a situação, a atriz bateu boca e compartilhou a seguinte mensagem: “Gente, seguinte: A Marina Ruy Barbosa, quando fala da escada rolante do Cristo quebrada sei lá desde quando, fala de ACESSIBILIDADE. Ok?”.

“’Ah, mas tem tiro, fome, miséria’… Ok de novo. Dá pra cada um abordar um assunto”, disparou uma fã em defesa da atriz. Em resposta, Marina escreveu: “É isso… não sei porque é tão difícil entender que devemos falar e cobrar sobre TUDO que está errado”.

“Uma coisa não anula a outra. E ainda fazer piada com isso só piora as coisas…”, completou. Quanto à outra questão levantada, Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro, respondeu e disse que o problema é do Governo Federal.

“Cara Marina Ruy Barbosa, o responsável pelos elevadores e escadas rolantes do Corcovado é o @ICMBio, do governo federal. Mesmo assim, determinei que a @ambienterj colabore no que for possível para restabelecer o acesso ao principal cartão postal do Rio e do Brasil“, disparou.

Depois disso, a atriz não voltou a rebater a questão levantada, mas seguiu com a discussão com os seguidores.

05/07/2019