James Rodríguez ofusca Ganso, e Real atropela Sevilla

James Rodríguez ofusca Ganso, e Real atropela Sevilla

Paulo Henrique Ganso e James Rodríguez receberam de seus respectivos técnicos a chance de começarem como titulares após um primeiro semestre de temporada errante no Sevilla e no Real Madrid, respectivamente, mas apenas o colombiano aproveitou sua chance. Com dois gols, James liderou o triunfo por 3 a 0 dos merengues sobre o Sevilla, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Rei, no Santiago Bernabeu. Discreto, Ganso foi substituído ainda no intervalo. 

Com o resultado, os madrilenhos, que atuaram sem Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo, podem perder por até dois gols de diferença na partida de volta, marcada para a próxima quinta-feira, 12 de janeiro, no estádio Ramón Sánchez Pizjuan, em Sevilha. Os alvirrubros, por sua vez, tentam ao menos devolver o revés por 3 a 0 para levar a decisão aos pênaltis. Triunfo por quatro gols ou mais dá a vaga ao time de Sampaoli.

O primeiro gol veio logo aos 10 minutos de bola rolando. Após erro na saída de bola do Sevilla, Casemiro conseguiu desarmar N’Zonzi e deixou James Rodríguez com a bola dominada na entrada da área. O colombiano ajeitou para o pé esquerdo e bateu colocado, à meia altura, raspando a trave esquerda. Sergio Rico ainda pulou para fazer a defesa, mas não conseguiu.

Dominante e sem deixar os visitantes tranquilos no jogo, o Real conseguiu o segundo tento antes dos 30 minutos. Toni Kroos bateu escanteio pelo lado esquerdo e conseguiu achar Varane livre dentro da área. O francês cabeceou forte, para o chão, e conseguiu vencer Rico para ampliar o marcador.

Recuperado rapidamente dos dois golpes do Real, o Sevilla poderia ter diminuído marcador em dois lances logo na sequência. Aos 34, Ganso deu belo passe para Correa, mas o atacante chutou para fora. Cinco minutos depois, Nasri lançou Vitolo no meio da defesa rival, o meia saiu cara a cara com Casilla e tocou na saída do goleiro, que praticou bela defesa.

Quando parecia que o equilíbrio reinaria no duelo, porém, mais uma vez a efetividade do Real chamou a atenção. Em boa escapada pela esquerda, Asensio cruzou a bola para Modric na área e o croata foi derrubado por Mariano. James chamou a responsabilidade, deslocou Rico e fez o 3 a 0.

Na etapa final, coube aos donos da casa administrar a vantagem e esperar o apito final do juiz, diante de um Sevilla já quase sem forças para tentar uma reação no confronto.

terra

04/01/2017

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *