Hemoal inicia Semana do Doador de Sangue com campanha para aumentar o estoque

As Unidades Maceió e Arapiraca do Hemocentro de Alagoas (Hemoal) iniciaram, nesta segunda (23), a Campanha “Somos todos do mesmo sangue”. A ação, que também será realizada nos demais hemocentros públicos do Brasil, ocorre em homenagem ao Dia Nacional do Doador de Sangue, celebrado no dia 25 de novembro.

A iniciativa tem como objetivo destacar a importância da doação de sangue, sobretudo durante a pandemia da Covid-19, período onde houve queda de até 50% no número de comparecimentos ao Hemoal. Paralelamente, o hemocentro alagoano vai sensibilizar a população para formar um estoque estratégico de sangue, com o propósito de suprir a demanda das festas de fim de ano, quando as transfusões duplicam nos hospitais e prontos socorros.

Isso porque, segundo o Ministério da Saúde (MS), 1,8% da população doa sangue de forma regular. Esse número fica abaixo dos 2% ideais, definidos pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), e atrás dos 5% registrados em países da Europa. Em Alagoas, nesta segunda-feira (23), o estoque disponível é de 159 bolsas de sangue, quando deveria contar com no mínimo 300.

“A Campanha “Somos todos do mesmo sangue” irá formar uma corrente do bem em todas as regiões do Brasil. Todos unidos em prol do gesto nobre que representa a doação de sangue, uma vez que, mesmo sendo um remédio decisivo para salvar a vida de um paciente, o sangue não se fabrica artificialmente e não pode ser comprado em farmácias”, salienta a gerente do Hemoal, hematologista Verônica Guedes.

Agendamento – Para facilitar o acesso dos candidatos à doação de sangue neste período pandêmico, além de adotar todas as medidas sanitárias de distanciamento social e disponibilização de álcool em gel para os voluntários, o Hemoal está agendando a doação presencial, por meio dos telefones 3315 2109 (Maceió) e 3539 8285 (Arapiraca). Caso sejam formados grupos de até 10 pessoas, os voluntários podem solicitar a Hemovan, que irá transportá-los até as Unidades Maceió e Arapiraca, respeitando os limites de distanciamento social.

Os interessados em se candidatar à doação de sangue devem ter peso igual ou superior a 50 quilos, no mínimo 16 anos de idade e comparecerem ao posto de coleta portando um documento de identificação com foto. Com relação aos menores de 18 anos, é exigido estar acompanhado dos pais e portando um documento de identificação oficial e original dos responsáveis.

Conforme portaria expedida pelo Ministério da Saúde (MS), ficam impedidas de se candidatar à doação de sangue, as pessoas que tenham contraído hepatite após os 11 anos de idade, além de sífilis, Aids e doença de Chagas. No caso das gestantes e lactantes, é proibida a doação e, para repetir o ato, os homens devem respeitar um intervalo de dois meses e as mulheres ficam impedidas durante três meses.

Novo coronavírus – Quanto aos voluntários infectados pelo novo coronavírus, há impedimento de doar sangue pelo período de 30 dias, contados após a recuperação. Já os que tiveram apenas contato com pessoas infectadas, devem aguardar 14 dias e, caso não apresentem sintomas da Covid-19, podem se dirigir até o Hemoal.

Onde doar – Na capital alagoana, o Hemoal Maceió está localizado na Rua Dr. Jorge de Lima, no bairro Trapiche. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h e, aos sábados, das 8h às 17h.

Há também o Hemoal Farol, situado no Hospital Veredas, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h. Já no interior, as doações podem ser feitas no Hemoal Arapiraca, no prédio do Laboratório Municipal, que atende de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30, e está localizado na Rua Desportista Ernesto Alves Siqueira, no bairro Centro.




Botão Voltar ao topo