Eletrobras inicia construção de linha de distribuição para o Sertão

linhas1-350x196

Oferecer maior qualidade em seus serviços para todos os clientes é uma das premissas da Eletrobras Distribuição Alagoas. Com base nisso, a Empresa investirá R$ 12 milhões na construção de uma linha de distribuição de alta tensão, que irá melhorar os nível de tensão e a confiabilidade do sistema elétrico, beneficiando cerca de 70 mil consumidores em 19 municípios do sertão alagoano.

A informação foi apresentada em reunião realizada na manhã desta terça-feira (15) na Agência Reguladora de Alagoas (Arsal) com representantes da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal). A nova rede começou a ser construída em outubro e está em fase de implantação de postes, em alguns trechos, e escavação e abertura de faixas de servidão em outros pontos do percurso.

A obra irá beneficiar os municípios de Água Branca, Batalha, Belo Monte, Cacimbinhas, Dois Riachos, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Major Izidoro, Monteirópolis, Olho D’agua das Flores, Olho D’agua do Casado, Santana do Ipanema, Olivença, Ouro Branco, Palestina, Pão de Açúcar, Pariconha, Poço de Trincheiras e Senador Rui Palmeira.

A linha tem 81 km de extensão e interligam as subestações de Delmiro Gouveia e Olho D’água das Flores. A previsão é que a obra seja concluída e entregue a população em outubro de 2016. “Esse prazo é exequível e estamos empreendendo todos os esforços para cumpri-lo”, disse o superintendente de Operação da Eletrobras, Bernard Gouveia.

Na reunião, Bernard também informou que a Eletrobras está adotando uma medida mais emergencial, que surtirá efeito em curto prazo. Trata-se da ativação de outra linha de distribuição que entrará em operação para melhorar o abastecimento de água aos sertanejos. A linha irá interligar as subestações de Santana do Ipanema e Pão de Açúcar.

“Essa medida irá melhorar o nível de tensão para a região, o que vai ajudar a Casal a bombear água para o sertão”, explicou o superintendente. O serviço já está sendo executado e deverá ser concluído até o final deste mês.

A diretora de Energia da Arsal, Patrícia Barbosa, considerou a reunião muito satisfatória. “A reunião cumpriu seu papel. Não sabia que a Eletrobras já tinha soluções adotadas. Iremos acompanhar a execução das obras pela Eletrobras, mas temos a certeza de que o cronograma será cumprido”.

Fonte: Ascom/Eletrobras
Alagoas 24 Horas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *