Confira os horários do Hemoal durante as festividades natalinas

As Unidades Maceió e Arapiraca do Hemocentro de Alagoas (Hemoal) funcionam todos os 365 dias do ano, 24 horas, com a missão de examinar e distribuir sangue e hemocomponentes às maternidades e hospitais alagoanos, além de atender pacientes com crise de hemofilia. Entretanto, com relação à coleta de sangue, os horários de doação seguem um calendário especial, a exemplo do que irá ocorrer nesta quarta (24) e quinta-feira (25), respectivamente, ponto facultativo e feriado natalino.

Para isso, no entanto, a Hemorrede Pública realiza campanhas estratégicas que antecedem as maiores festas populares do Brasil, com o objetivo de estabilizar o estoque de sangue, assegurando assistência à demanda transfusional e possibilitando que as três Unidades do Hemoal venham a seguir horários especiais durante a véspera e o Dia de Natal.

Com isso, nesta quinta-feira (24), ponto facultativo estadual, as Unidades Farol, situada no Hospital Veredas, e Arapiraca, localizada no Laboratório Municipal, funcionam apenas para distribuir hemocomponentes às unidades de saúde. Já a Unidade Trapiche, funciona para doação de sangue das 7h às 16h.

Já na sexta-feira (25), Dia de Natal e feriado nacional, as três Unidades do Hemoal funcionam apenas para processar o sangue e distribuí-lo às maternidades e hospitais situados na capital e no interior do Estado. Já no sábado (26), quando a Unidade Trapiche tradicionalmente abre para doação de sangue, o atendimento ocorre das 8h às 13h, sendo retomando normalmente, na segunda-feira (28), a partir das 7 horas.

“Desde a segunda-feira [21] realizamos a tradicional Campanha Natalina de Doação de Sangue para formamos um estoque estratégico que atenda a demanda de transfusões durante as festas de Natal. Trabalhamos com prevenção, planejamento e transparência para cumprimos nossa missão, que é fornecer sangue em quantidade e com qualidade às maternidades e hospitais”, salientou a gerente do Hemoal, Verônica Guedes, ao agradecer a solidariedade dos alagoanos, que sempre atenderam ao chamado do Núcleo de Captação de Doadores de Sangue.

Critérios – Verônica Guedes ressaltou os critérios para doação de sangue e enfatizou que a Hemorrede de Alagoas tem atuado para assegurar aos voluntários, pacientes e servidores, as medidas sanitárias que evitam a contaminação pelo novo coronavírus. “Temos atuado para manter o distanciamento social, disponibilizamos totens com álcool em gel a 70% e exigimos que todos usem máscara. Desde março deste ano, as pessoas que contraíram Covid-19 ficam impedidas de doar sangue pelo período de 30 dias, contados após a recuperação. Já os que tiveram contato com pessoas infectadas, só podem doar sangue se não apresentarem sintomas nos 14 dias subsequentes”, informou.

Mas, além destes novos critérios, ficam impedidos de se candidatar à doação de sangue, os voluntários que tenham contraído hepatite após os 11 anos de idade, além de sífilis, Aids e doença de Chagas. No caso das gestantes e lactantes, é proibida a doação e, para repetir o ato, os homens devem respeitar um intervalo de dois meses e as mulheres ficam impedidas durante três meses. “É importante não esquecer que, só pode doar sangue, pessoas com idade entre 16 a 69 anos, com boa saúde, peso igual ou superior a 50 quilos e que estejam portando um documento de identificação com foto”, enfatizou Verônica Guedes.




Botão Voltar ao topo