Como criar hábitos matinais e ter um dia mais produtivo


Você é daquele tipo que detesta ser acordado bruscamente pelo despertador? E que precisa de alguns segundos para se orientar? Sente-se ainda cansado e nem um pouco revigorado? A maioria das pessoas é assim. Afinal, muitas vezes não podemos decidir por nós mesmos a que horas vamos levantar. Mesmo quem pode escolher em que horário sair da cama não deve simplesmente ficar deitado, para não perder o ritmo diário. De qualquer modo: você pode fazer muito para começar bem o seu dia. Comece criando hábitos matinais.

Como estabelecer uma rotina

A luz do dia é o melhor sinal que pode ser dado ao relógio biológico, pois ele regula de modo natural o ritmo sono-vigília. A luz artificial, porém, pode gerar o mesmo efeito. As dicas a seguir não são regras e podem não funcionar para todas as pessoas – afinal, cada um de nós tem o próprio jeito de acordar. Mas você pode experimentá-las e adotar o hábito que melhor se adaptar à sua rotina, adotando-o como seu ritual matutino. Conheça esse passo a passo, segundo o MSN.

Fique deitado por um momento

Não pule da cama assim que o despertador tocar. Fique deitado durante alguns minutos, mas mantenha os olhos abertos e concentre seu pensamento em algo que considera bonito – pode ser uma imagem, uma atitude ou um sentimento. Prepare-se com calma para o dia que está começando. Você pode pensar nos desafios que o dia lhe reserva durante o café da manhã ou, melhor ainda, depois dele.

Deixe a luz do dia entrar

Se possível, deixe a luz natural entrar no quarto ou, se ainda estiver escuro, acenda a luz. Esse é o melhor despertador para o relógio biológico. Em seguida, vá despertando com simples movimentos de alongamento ou com um momento de meditação.

Ouça música

Muitas pessoas conseguem levantar mais facilmente com música. Ligue o rádio ou coloque para tocar a sua playlist favorita no celular.

Diversifique o horário

O despertador pode estar tirando você da cama na hora errada. Então, experimente programar outros horários, se possível regulando o despertador para mais tarde. Na maioria dos casos, esses testes levam-no a levantar entre 15 minutos e meia hora mais cedo do que o novo horário definido no despertador. Ajuste os horários de ir para cama e de acordar conforme o seu ritmo biológico.

“Ler jornal, conversar com a família, saborear um pão quentinho, sentir o aroma do café. Isso tudo dá ao corpo o tempo necessário para aquecer e começar a funcionar, além de provocar sensações positivas, pois estamos fazendo algo de bom para nós mesmos logo pela manhã. Se possível, o café da manhã não deve ser guiado pelo estresse e discussões de cunho familiar ou sobre o relacionamento.”

Experimente um banho frio

A maioria das pessoas não gosta de tomar banho frio. Mas é fato que o frio desperta. O banho não precisa ser todo debaixo da ducha gelada. Alguns segundos sob o jato frio, ao final do banho, bastam para acordá-lo. A ducha fria não é recomendada em casos de doenças ligadas às artérias coronárias (como angina) e de hipertensão (principalmente quando esta ocorre pela manhã). Isso porque a água fria pode ocasionar uma crise de angina, além de elevar a pressão arterial. Para quem sofre de hipertensão pela manhã, torna-se maior o risco de complicações relacionadas ao sistema cardiovascular, como infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral (AVC). Portanto, quem sofre de doenças cardiovasculares deve evitar banhos frios. Uma alternativa à ducha gelada é exercitar-se no quarto deixando a janela aberta. Exercícios como fazer movimentos circulares com os braços ou dobrar os joelhos terão o mesmo efeito para despertá-lo.

Tome café com calma

Não são apenas os nutricionistas que recomendam fazer a primeira refeição do dia com calma. Os especialistas do sono também o aconselham. Se você começa o dia com um café da manhã tranquilo, já proporcionou a si mesmo uma agradável sensação matinal. E pode seguir bem-humorado pelo resto do dia

Seguindo essas dicas você perceberá uma mudança considerável na sua disposição e produtividade. Ter um despertar tranquilo pode melhorar sua qualidade de vida. Experimente!

13/04/2019