Comissão discute fechamento de agências do Banco do Brasil no RN

Joka Madruga/SEEB Curitiba
Economia - geral - bancos - Banco do Brasil - greve - greve dos bancários - funcionários do Banco do Brasil realizam paralisação nacional. As mudanças anunciadas pelo BB preveem fechamento de centenas de unidades, demissão de 5 mil de trabalhadores, descomissionamento de funções e extinção do cargo de caixa.
Bancários protestam contra Programa de Demissão Voluntária e fechamento de agências

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados promove audiência pública nesta sexta-feira (25) para discutir o fechamento de agências do Banco do Brasil no estado do Rio Grande no Norte.

O debate é uma iniciativa do deputado Hildo Rocha (MDB-MA) e ocorrerá na Avenida João 23, Santos Reis, em Parnamirim (RN), a partir das 9h30.

O parlamentar critica a intenção de bancos públicos, como o Banco do Brasil, de fechar unidades físicas. “Estamos falando de beneficiários de Previdência e assistência social e de pequenos produtores rurais dependentes de serviços prestados em unidades de atendimento do BB e que serão prejudicados”, diz Hildo Rocha.

Ele acrescenta que milhões de brasileiros não têm computadores, celulares ou planos de internet ilimitada. “Para esses cidadãos, as unidades de atendimento são o caminho disponível para acesso ao sistema financeiro.”

Foram convidados para a reunião:

  • a superintendente do Banco do Brasil Priscila Requejo;
  • o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Parnamirim, Elisiel Ubirajara Marques;
  • o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte, Marcelo Fernandes de Queiroz;
  • o prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira; e
  • dirigente do Sindicato dos Bancários no Rio Grande do Norte.
Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo