Cinco pessoas são presas durante fiscalizações da PRF em Alagoas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Alagoas prendeu cinco pessoas por receptação de veículos, dirigir sem habilitação, atividade poluidora e falsidade ideológica durante o fim de semana.

Na sexta (05), por volta das 14 horas, a equipe abordou uma motocicleta, no km 190 da BR 316, em Tanque D’Arca. Os policiais solicitaram a documentação pessoal e veicular, momento em que, após consultar os sistemas, foi constatado uma queixa de roubo para o veículo.

O Boletim de Ocorrência datava do mês de janeiro de 2021 e foi realizado em Escada/PE. Diante dos fatos, o homem foi preso e encaminhado à Central de Polícia Civil em Arapiraca. Ele vai responder pelo crime de receptação de veículos.

Já no sábado (06), por volta das 10 horas, uma motocicleta Honda/CG, de cor preta, com dois ocupantes, foi abordada pelos policiais. Antes de obedecer à ordem de parada, o motociclista tentou fugir em alta velocidade e na contramão, mas foi alcançado pela equipe. O fato aconteceu no km 31 da BR 104, em União dos Palmares.

Durante a abordagem, o motociclista alegou que tentou fugir pois não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Diante do ocorrido, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida permissão, gerando perigo de dano.

Ainda no sábado, desta vez no km 245 da BR 101, em Porto Real do Colégio, uma motocicleta, de cor branca, foi abordada pelos PRFs. Iniciaram-se as fiscalizações e foi solicitada a documentação veicular e pessoal dos dois ocupantes. Após consultas ao sistema, identificou-se uma ocorrência de roubo ocorrida em janeiro de 2021, em Aracaju/SE.

Ao ser questionado, o condutor confessou que sabia que era produto de roubo e que tinha comprado de um terceiro por R$500,00. O motorista foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes de Maceió. Como houve resistência durante a ordem de prisão, além do crime de receptação, ele também responderá por desobediência policial.

No domingo (07), a equipe realizava fiscalização no km 205 da BR 101, em São Sebastião, quando abordou um caminhão. Após conferir a documentação do veículo e do motorista, os policiais checaram os itens de segurança e constataram que alguns estavam em descumprimento com o estabelecido por lei.

Havia um aviso indicando que o veículo não estava respeitando os limites de emissão de gases poluentes. Ao ser questionado sobre, o motorista alegou que não sabia o que a luz acesa no sistema indicava, seguindo normalmente com a viagem. Diante dos fatos, foi elaborado um TCO por atividade poluidora ou degradadora do meio ambiente.

A última ocorrência deste final de semana aconteceu por volta das 17 horas, no km 169 da BR 101, em Teotônio Vilela. Os policiais abordaram um caminhão, de cor branca e solicitaram os documentos do veículo e do motorista. O condutor apresentou uma CNH falsa.

Ao ser questionado, ele afirmou que pagou para obter uma habilitação sem os procedimentos legais, após um anúncio no Facebook. Diante da constatação do crime, o homem foi preso e encaminhado para a delegacia regional a fim de realizar os procedimentos cabíveis. Ele vai responder por crime de falsidade ideológica.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!