Casal é preso após criar falsa agência de modelos para estuprar jovens em ritual

Caso aconteceu em Porto Velho; quatro vítimas chegaram a prestar queixa na polícia

© Reprodução/Rede Amazônica

A Polícia Civil prendeu neste sábado (4) um homem de 34 anos e uma mulher de 21 que criaram uma falsa agência de modelos para aliciar jovens e abusar sexualmente delas em rituais satânicos. Os crimes ocorriam em Porto Velho, Rondônia.

De acordo com o G1, com informações da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), o casal atraía as vítimas até um motel, onde eram estupradas sobre uma estrela desenhada no chão e rodeada de velas pretas acesas. Das quatros jovens que registraram boletim de ocorrência, duas eram adolescentes.

“Uma das vítimas narrou que havia sido contatada para realizar um serviço e quando foi até as pessoas que entraram em contato, ela foi rendid

“As vítimas disseram que eles faziam uma estrela no chão do quarto, acendiam uma vela preta e depois eram abusadas pelo homem. A mulher não participava do estupro, mas as despia e ameaçava. Apesar do suspeito ser casado com outra pessoa, ele mantinha um relacionamento com a outra suspeita”, acrescenta a delegada Janaína Xander, que participou das investigações.

O material utilizado pelos criminosos foram apreendidos pela Deam. Os suspeitos foram encaminhados para presídios de Porto Velho e negaram os crimes.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *