Alunos que ocupam campus da Ufal em Delmiro Gouveia relatam ameaças

Em ofício, eles denunciam intimidações por parte da polícia e outros grupos. Vice-reitor encaminhou ofício pedindo providências à PM em Delmiro.

alunos_impedem_a_entrada_no_campus_sertao

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) denunciou ao comando-geral da Polícia Militar (PM) possíveis abusos cometidos por militares e outras pessoas contra estudantes que participam da ocupação do campus Sertão, em Delmiro Gouveia. Por meio de ofício, os alunos falam até em ameaças feitas por pessoas armadas.

Em visita realizada nesta semana àquele campus, o vice-reitor em exercício da Ufal, José Vieira, recebeu um documento onde os estudantes relatam vários casos de intimidação registrados desde o início da ocupação, há 4 semanas.

Confira aqui o ofício com o relato dos alunos

“Por diversas vezes, carros da polícia militar passaram em frente ao campus em velocidade bastante reduzida, algumas vezes até encostando o carro no acostamento e ficando parado em frente ao campus por vários minutos, observando a movimentação. Em um desses casos, dava para ver claramente um celular na mão de um policial tirando fotos ou filmando os alunos”, diz trecho do documento escrito pelos alunos.

Os estudantes que participam da ocupação também relatam ocasiões em que policiais os xingaram ou os chamaram de “vagabundos”, e outros em que pessoas de movimentos contrários à tomada das unidades de ensino chegaram ao local armados, e arrancaram cartazes de muros. Alguns alunos ainda afirmam ter recebido ligações com ameaças.

A reportagem do G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da PM, e aguarda um retorno com um posicionamento a respeito dos relatos feitos pelos alunos.

No ofício entregue ao vice-reitor, os estudantes pedem que os direitos e autonomia deles sejam respeitados. “Não estamos aqui para atrapalhar o calendário acadêmico, não estamos aqui por brincadeira ou porque não temos o que fazer. Acreditamos na causa. Nossa luta é árdua e justa”, diz outros trecho do documento.

O vice-reitor encaminhou o ofício com pedido de providências ao vice-reitor em exercício encaminhou ofício ao Comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Delmiro Gouveia, tenente-coronel Joaz Fontes, e ao comandante geral da PM, coronel Marcos Sampaio Lima.

g1

17/11/2016

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *