ACUSADO DE ASSASSINATO – Justiça nega habeas corpus de Rocha Lima

O Judiciário de Alagoas negou nesta quinta-feira, 30, o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do tenente-coronel da Polícia Militar de Alagoas (PM/AL) Antônio Marcos da Rocha Lima.

Ele foi preso durante uma operação da Polícia Civil desencadeada no dia 22 deste mês contra crimes de homicídios na capital alagoana. O militar e o tenente da reserva José Gilberto Cavalcante Gois e mais quatro pessoas foram presas na mesma operação.

Eles seriam os responsáveis pelo homicídio de Luciano de Albuquerque Cavalcante, 40 anos, assassinado em outubro de 2019.

O desembargador do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), João Luiz Azevedo Lessa, afirmou que não entende ser, o caso ora em análise, de extrema urgência e que o preso não faz jus ao grupo de risco da Covid-19.




Botão Voltar ao topo
Fechar