Volta a ter visibilidade em Alagoas o basquete para cadeirantes


A categoria de basquete para cadeirantes vem retomando a boa fase no esporte alagoano, essa modalidade passou aproximadamente dois anos sem nenhuma visibilidade no estado.

Alguns atletas da modalidade no entanto, permaneceram na ativa mantendo a boa forma e performance, esse é o caso do Lucas Costa, que está na equipe nacional desde 2008, do Carlos Nascimento e do Carlos André, este que foi pré-convocado para a seleção brasileira sub-20, outro que também se manteve ativo foi o treinador Pablo Lucini.

Após dois anos e meio, p retorno do basquete para cadeirantes faz com que os atletas se mantenham preparados para as competições Norte/Nordeste, que terá participação de equipes do estado de Sergipe, Bahia, Pernambuco, e também do Piauí, e terá uma divisão de duas etapas que define a competição.

Os times desses quatro estados do nordeste disputarão as preliminares na cidade de Paulo Afonso-BA e em Delmiro Gouveia-AL. A primeira fase do campeonato será composta pelos times que avançarão na fase anterior, e os jogos acontecerão no Piauí, em março.

Na preparação dos atletas alagoanos terão jogos-treino, que iniciaram nesta quinta-feira (10), no ginásio do Sesi, na Cambona.

Com informações do BR104