VIRADA! Estabelecimentos que farão Réveillon devem enviar comunicado à Visa Maceió

Notificação da Vigilância Sanitária vale para hotéis, bares, restaurantes e condomínios


Com o objetivo orientar os estabelecimentos sobre o cumprimento dos decretos de medidas de enfrentamento à Covid-19 em vigor e das normas sanitárias, a Vigilância Sanitária de Maceió notificou a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas(ABIH-AL), assim como orienta os condomínios que realizarão eventos de Réveillon este ano.

A intenção é garantir que estes estabelecimentos cumpram as regras e os eventos aconteçam com segurança, evitando o risco de contágio pelo novo coronavírus. Para isso, os estabelecimentos que forem realizar eventos de réveillon devem enviar um comunicado à Vigilância Sanitária por meio do e-mail [email protected], informando o local em que será realizado, a quantidade de público esperado e declarando o conhecimento de todas as normas e protocolos sanitários adequados ao caso.

Segundo o coordenador geral da Visa, Nelson Menezes, o órgão vem acompanhando o aumento no número de casos de contágio no município. “Somado a esta situação, sabendo-se que a cidade de Maceió tem por atração o turismo, que por consequência atrai pessoas de várias cidades do Brasil e alguns países do mundo, a possibilidade de aumento do contágio de maneira descontrolada se torna previsível, caso os eventos sociais, corporativos e celebrações não cumpram as normas sanitárias”, explica o coordenador.

Atualmente, os decretos Municipal e Estadual em vigor permitem o funcionamento de eventos com até 300 pessoas. Além dos eventos sociais, os bares, restaurantes e congêneres têm autorização para funcionamento com capacidade máxima de 75%.

“Diante desta situação, a Vigilância Sanitária de Maceió vem dando continuidade ao trabalho de orientação e fiscalização aos estabelecimentos de interesse sanitário, e reforça que estará presente na fiscalização dos eventos de Réveillon 2020/2021, com a finalidade de verificar o cumprimento das normas sanitárias”, completa Nelson.

Mais informações os estabelecimentos podem obter por meio do telefone 3312-5496.




Botão Voltar ao topo