Vergonha: há mais de 1 mês HU da UFAL não tem remédio contra câncer


Uma vergonha e um exemplo do descaso das autoridades de saúde do Brasil e de Alagoas. Pacientes do Centro de Oncologia do Hospital Universitário da UFAL (Universidade Federal de Alagoas) esperam desde novembro de 2018 pelo fornecimento do medicamento Vinorelbina, essencial para o tratamento de metástase de câncer.

Sem explicação aos pacientes, o fornecimento do medicamento foi suspenso. Centenas de portadores de câncer que utilizam os serviços do HU paralisaram seus tratamentos devido a não existência do remédio na farmácia do hospital. A Vinorelbina é um medicamento indicado nos casos de câncer de pulmão, mamas, esôfago, próstata, colo de útero, entre outros.

O hospital é vinculado à Universidade Federal de Alagoas e gerenciado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Em nota à imprensa, o HU alega “alta na demanda” de pacientes oncológicos e que o medicamento deve chegar em 15 dias. Mas para quem depende do medicamento para viver, 15 dias pode ser um prazo fatal.

O que não ficou claro na resposta do Hospital Universitário da UFAL é como não houve um planejamento para que o medicamento não faltasse no HU, nem porque a gestão do Hospital não comprou o medicamento com antecedência, nem o porquê de nenhuma resposta objetiva ser fornecida as centenas de pacientes prejudicados.

O medicamento sequer é vendido nas farmácias de Alagoas. E uma única pílula chega a custar R$ 300,00. Entre os pacientes prejudicados, há casos de pessoas que precisam tomar 4 pílulas por semana. Caso fossem pagar, o custo semanal do tratamento seria de R$ 1.200,00, ou R$ 4.800,00 por mês. Valores inviáveis para os pacientes do HU.