Um dia após morte, ciclistas realizam manifestação

dbc5d851-bc55-422a-9f2b-0b8759150aa9
Mais de 130 ciclistas participaram do ato

Cerca de 130 ciclistas realizaram uma mobilização na noite desta terça-feira (23), no Corredor Vera Arruda, no bairro da Jatiúca. Eles cobram dos órgãos medidas para garantir a mais segurança de quem utiliza a bicicleta, seja como forma de lazer ou a trabalho.

O ato acontece um dia após a morte de Gilvan Antônio da Silva, em Maceió. O ciclista faleceu após ser atropelado por um ônibus da empresa São Francisco, de placa MMA-7927, na Avenida Paulo Holanda, próximo ao portão lateral da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Desde do início do ano, dois ciclistas foram mortos atropelados.

A desing Juliana Agra acredita que a implantação de faixas exclusivas para os ciclistas irá diminuir o número de acidentes. “As principais avenidas, como a Via Expressa e a Fernandes Lima são as que causam mais perigo para a categoria”, salienta. Os participantes do protesto também cobram mais respeito por parte dos motoristas.

Os ciclistas percorrem as principais ruas da capital alagoana.

Cada Minuto

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *