Três acusados de matarem filho de major da PM são presos em Maceió

Três acusados do assassinato de Ygor Lutuan Pontes de Araújo, de 29 anos, filho de um major da PM, foram presos em flagrante nesta sexta-feira (17). O crime aconteceu na última quarta-feira (15). A vítima foi atingida por cinco tiros de revólver, quando se encontrava perto de sua residência, na Rua do Cajueiro, no bairro do Vergel do Lago.

De acordo com a delegada Rosimeire Vieira, que preside as investigações, dois adultos e um menor de idade foram detidos por policiais militares, no Vergel do Lago, e levados para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foram autuados pelo delegado plantonista.

As investigações apontam que o jovem foi morto porque denunciou um caso de violência doméstica praticado por um morador da região. Insatisfeito, o homem denunciado resolveu matar o filho do major PM, e para isso chegou a pedir a permissão a um traficante que comanda o tráfico de drogas no local.

Na noite da quarta-feira, por volta das 23h, Ygor Lutuan estava perto de casa quando um jovem e um adolescente saíram de uma viela, se aproximaram, perguntaram as horas e retornaram para o “beco”.

Desconfiado, o jovem foi até a entrada da viela, quando foi recebido com vários tiros e morreu no local. A delegada Rosimeire Vieira informou que as investigações vão continuar, inclusive para identificar o traficante que teria autorizado a execução do filho do major PM.

Os dois acusados adultos serão levados para o sistema prisional. Já o menor irá para a Unidade de Internação Masculina (UIM), de Maceió.

*Com assessoria

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo