Sérgio Cabral tenta emprego em presídio, mas não consegue vaga

Preso em Bangu 8, no Complexo de Gericinó, Zona Oeste do Rio, Sérgio Cabral tenta uma vaga para trabalhar na unidade prisional, desde junho do ano passado.

A defesa do ex-governador do Rio realiza pedidos à administração do presídio, solicitando que Cabral consiga “atividade laboral voluntária e não remunerada”. O político nunca foi escolhido para a vaga, revela o Terra.

O objetivo de Cabral  é reduzir ao máximo a sua condenação, que já soma 198 anos de prisão. A Lei de Execução Penal possibilita uma diminuição de um dia de pena a cada três de trabalho ou 12 horas de estudos.

Ainda com objetivo de diminuir o tempo que ficará atrás das grades, Cabral está cursando faculdade de Teologia a distância. O político está no terceiro período do curso.

21/05/2019

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *