Seprev realiza Seminário Municipal de Prevenção à Violência em Branquinha

A Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) e a Prefeitura de Branquinha realizaram, nesta terça-feira (24), o I Seminário Municipal: Contribuição para a Redução da Violência. Durante toda a manhã, o evento buscou trocar experiências do órgão estadual com a gestão municipal e fortalecer ações que beneficiem a prevenção da violência e das vulnerabilidades sociais do município.

 

Segundo o secretário-executivo de Coordenação das Políticas de Prevenção à Violência da Seprev, Erivaldo Teixeira, o seminário se faz importante para estreitar os laços entre os Poderes Executivos estadual e municipal em prol da redução da violência.

 

“Temos que unir forças e fortalecer todas as iniciativas que combatam a violência, sobretudo, as que previnam a violação dos direitos das crianças e adolescentes, que possibilitem o tratamento do dependente químico e promovam a cidadania”, enfatizou Erivaldo Teixeira.

 

Participaram das discussões integrantes das secretarias municipais de Assistência, Educação, Saúde, Esporte, Lazer e Turismo, membros da sociedade civil, agentes comunitários, ONGs e agentes de saúde.

 

“A participação do Estado é fundamental para somar forças e tentarmos erradicar a exploração infantil, seja sexual, do trabalho ou qualquer outra situação que deixe a criança ou adolescente privado dos seus direitos”, destacou o secretário municipal de Assistência Social de Branquinha, Jefferson Tenório.

 

O município de Branquinha é o quarto a receber uma edição do Seminário Municipal, que já aconteceu em Flexeiras, Quebrangulo e Passo do Camaragibe.

 

A partir do mês de maio, os programas da Seprev retornarão a Branquinha para ações pontuais que visam à redução da violência, tais como mediações de conflitos, Anjos da Paz, ônibus para entrega voluntária de armas de fogo, além de atividades culturais promovidas em parceria com a Prefeitura.

Ascom – 24/04/2018

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *