Senador Collor pode disputar a prefeitura de Maceió

collor-no-computador

A data limite para troca de candidatos é até dia 12 de setembro.Como o Fator Collor ao senado em 2006 pode ser uma jogada interessante.

Em Alagoas alguns municípios podem ocorrer substituição de candidaturas a prefeito.

Em Maceió, a expectativa é o senador Collor substituir o jornalista Paulo Memória(PTC). Collor vem empolgando no interior do Estado, apoiando seus aliados na eleição municipal, mas de olho na sucessão em Maceió, onde poderá com isso atrapalhar a caminhada do deputado federal Cicero Almeida(PMDB), onde disputam o mesmo eleitoral pobre da periferia.

Traipu pode sair Erasminho Dias(PSC) e entrar Juliana Kumer(PMDB), a esposa de Marcos Santos, para confrontar Eduardo Tavares(PSDB) que vem conquistando o eleitiorado, onde ele já foi vereador e depois foi ser promotor de Justiça.

Em São Miguel dos Campos Nivaldo Jatoba(PMDB) pode entrar na disputa sendo favorito a disputa.

Nesse embalo da família Jatoba pode Rosinha(PMDB) ser candidata em Jequia da Praia.

E ainda alguns prefeitos que estão no mandato e assumir condição de candidato porque seus substitutos não conseguiram emplacar.

Esther Damasceno(PMDB) em Olho D’água das Flores, Rogério Farias(PSD) no lugar de seu vice Carlos Alexandre na Barra de Santo Antônio e até Jorge Dantas(PSDB) no ligar de Eraldinho em Pão de Açúcar.

Para isto basta o candidato atual da coligação desistir, na desistência abre-se espaço para que qualquer filiado a partido componente da chapa coligada seja o substituto.

É aguardar até 12 de setembro, conforme legislação eleitoral, para ver quem fará substituição.

selobernardino

Artigos relacionados