Sarampo: Maceió encerra vacinação de crianças nesta sexta (25)

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) encerra, nesta sexta-feira (25), a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, direcionada à imunização de crianças de seis meses a menores de cinco anos. Iniciada no dia 07 de outubro, a Campanha está sendo realizada de forma seletiva – com avaliação da situação vacinal e vacinação conforme as normas do Programa Nacional de Imunizações (PNI) – visando interromper a circulação do vírus da doença e proteger os grupos mais acometidos pelo sarampo no país.

A Gerência de Imunizações do município, no entanto, alerta aos pais que a vacinação é a única forma de prevenção contra o sarampo. Por isso, é importante verificar a Caderneta de Vacinação, procurando identificar se a criança já recebeu a vacina ou se falta completar o esquema vacinal para estar protegida, não só contra o sarampo, mas também contra outras doenças graves que estão associadas na mesma dose – da vacina tríplice viral – que protege, ainda, contra a caxumba e a rubéola.

“Os pais precisam estar cientes desse compromisso com a saúde dos filhos, especialmente em situações como a atual, quando estamos vivenciando um surto de sarampo em todo o país. Independente da Campanha é preciso garantir a atualização do cartão de vacina da criança, com todas as doses disponibilizadas gratuitamente pelo SUS”, reforçou a gerente de Imunizações do município, Eunice Amorim.

Eunice lembra que a Campanha foi priorizada para crianças de seis meses a menores de cinco anos, devido à elevada incidência de casos de sarampo nessa faixa etária nos surtos registrados em 2019. Nas crianças menores de cinco anos, o risco de desenvolvimento de complicações decorrentes do sarampo que podem levar à obito – como cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido e pneumonias – é muito maior. Daí a necessidade desse cuidado.

Próxima etapa

A segunda etapa da Campanha de Vacinação contra o Sarampo já tem data para começar: 18 de novembro. E nela será feito um chamamento para a imunização de adultos dos 20 aos 29 anos, faixa etária que também tem registrado expressivo número de casos confirmados para a doença este ano. A vacinação dessa nova faixa etária também será feita de forma seletiva e com a finalidade de interromper a circulação viral e controlar o sarampo no país.

A vacina está disponível o ano inteiro em todas as unidades de saúde do município, mas para reforçar a iniciativa do Ministério da Saúde, equipes de imunização da SMS vêm fazendo busca ativa de crianças não vacinadas, inclusive, em creches e escolas das redes pública e privada. Não há meta a ser alcançada na Campanha, mas o município trabalha com a expectativa de atingir o mínimo de 95% de cobertura vacinal do público-alvo a ser vacinado.