Saída em massa de venezuelanos merece status de crise de refugiados, diz ONU

Os venezuelanos que fogem do agravamento da crise no país merecem proteção como refugiados, afirmou a agência de refugiados da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) ainda instou outros países a não deportar ou forçar os venezuelanos a voltar para casa, informa o Terra.

Cerca de 3,7 milhões de pessoas deixaram a Venezuela, a maioria desde 2015, de acordo com a agência.

“É extremamente importante que, dada a situação na Venezuela, não haja deportações, expulsões ou retornos forçados”, disse a porta-voz do Acnur, Liz Throssell, em entrevista coletiva.

21/05/2019