REVOLTA! Erivaldo Mandú faz perseguição com quem não apoia a sua candidatura

Estamos vivendo nos tempos da chibata? Ao que parece, para os olhos do Prefeito de Mata Grande, sim. Mal se passou as convenções partidárias e Mandú está mostrando para a população para o que veio. Uma estratégia bastante arriscada, pois deixou a máscara do “cidadão de bem”, do “bom homem” e “bom prefeito” cair de vez para dar lugar a quem realmente é.

Tudo indica que o medo tomou conta de vez o atual gestor. Mandú está inelegível, pois estaria tentando ser Prefeito pela terceira vez consecutiva, o que vai de encontro ao regime do estatuto eleitoral. Mesmo tendo realizado a convenção partidária e ter lançado sua candidatura, Mandú está infringindo a lei, agredindo assim a democracia.

A cidade de Mata Grande está revoltada com a clara perseguição do Prefeito, que está usando o poder público para intimidar apoiadores do seu adversário Júlio Brandão, agora conhecido como Júlio de Hélio. As vítimas estão recebendo intimações da Prefeitura para deixar os seus locais de trabalho, locais estes que já foram cedidos por gestões anteriores a de Mandú.

Como o caso do Lúcio do Hambúrguer que lutou para transformar um beco abandonado a anos que era usado como ponto de drogas, roubos e prostituição num ambiente familiar para vender seus lanches e dar oportunidade a outros empreendimentos e sonhos. Nas redes sociais, ele e seu filho expõem as atrocidades feitas por Mandú. Assistam ao vídeo.

Este não é o primeiro caso de perseguição de Erivaldo Mandú, as histórias sobre o que ele é capaz de fazer para alcançar seus objetivos ganham mais força à medida que a data das eleições se aproxima. Ainda estamos no começo da corrida eleitoral. As eleições começam, de fato, no dia 27 de setembro. E se já estamos vendo atos, que muitos iriam descrever como absurdo, o que veremos nas eleições de 2020 em Mata Grande?

As fotos mostram como o beco era antes e depois, e ainda assim Mandú tenta tirar uma conquista do povo? Não foi nenhum político que buscou transformar um lugar sujo e cheio problemas sociais em um ambiente familiar. Mas um políticos quer destruir essa vitória do povo.

Um prefeito assim não merece o seu respeito, o seu voto.




Botão Voltar ao topo