Reunião de governadores com presidente da Câmara foi importante para compra da vacina da Pfizer, diz Renan Filho

Por meio das redes sociais, o governador Renan Filho afirmou, na tarde desta quarta-feira (3), que a reunião dos governadores com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, foi importante para a decisão do presidente Jair Bolsonaro de comprar a vacina da Pfizer, destinada ao Plano Nacional de Imunização.

“Lá eu ressaltei a importância do trabalho integrado e a necessidade de comprarmos todas as vacinas que demonstrarem eficácia e segurança”, escreveu Renan Filho. “Vamos seguir trabalhado. Unir todos os esforços possíveis nesse momento é fundamental”, acrescentou.

De acordo com a imprensa nacional, o governo federal deve anunciar a compra de 100 milhões de doses da vacina da Pfizer BioNTech contra a Covid-19, que seriam fornecidas ao longo do ano. O imunizante está sendo aplicado nos Estados Unidos e no Reino Unido desde dezembro. É o mais utilizado em Israel.

No Brasil, a vacina recebeu aprovação definitiva da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 23 de fevereiro deste ano. O imunizante enfrentava resistência por parte do governo federal por causa de cláusulas que previam a transferência de responsabilidade.

Sputnik V

Além de se reunir com o presidente da Câmara, Renan Filho também visitou, na terça-feira (2), em Brasília (DF), as instalações da União Química Farmacêutica Nacional S.A. para conhecer o cronograma de entrega da vacina Sputnik V, bem como tratar da possível contratação do imunizante pelos governos estaduais, em complementação ao Plano Nacional de Imunização.

“Trata-se de uma empresa muito sólida, que produz diversos medicamentos no país, especialmente anestésicos, dentre outros, e agora vai produzir nacionalmente a vacina russa Sputnik. Ela está aguardando a aprovação emergencial da Anvisa para já disponibilizar 10 milhões de doses ao Plano Nacional de Imunização. Esse é o trabalho que o Brasil precisa fazer nesse momento: intensificar a produção nacional de vacinas para que a gente possa imunizar o quanto antes a nossa população. Isso vai fazer cair drasticamente internações hospitalares, mortes e ajudar a nossa economia a se recuperar”, disse o governador, após a inspeção.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo