Renan Calheiros nega ser candidato e diz que “o novo vem aí”

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), eleito para o quarto mandato, afirmou que quem tomará posse na próxima sexta-feira (1º) será um “novo Renan”, “renovado pelas urnas” e com posições opostas às que marcaram a sua carreira no Parlamento.

“O velho Renan era estatizante, o novo Renan é liberal”, brincou ele após participar nesta terça-feira (29), da primeira reunião da bancada do partido, em Brasília.

Renan  Calheiros nega ser candidato à chefia do Congresso, ele já ocupou esse cargo quatro vezes, porém seu nome está inserido no jogo tanto para o MDB quanto para a oposição, que cogita formar um bloco “anti-Renan”.

Segundo Renan, sua intenção é respeitar a vontade da bancada do MDB. Com isso, ele transfere a decisão para os colegas e só se lançará na disputa se tiver amplo apoio. A decisão quanto ao candidato do MDB deve ser anunciada ao fim do próximo encontro entre os parlamentares, marcado para a próxima quinta-feira (31), às 17h.

Renan trava uma briga interna com a senadora Simone Tebet (MDB-MS), que se antecipou ao lançar seu nome na disputa. Ao fim da reunião, ela declarou que não abrirá mão de concorrer, mas que respeitará a vontade dos colegas caso prefiram Renan.

Sobre o discurso da colega, Renan declarou que “Simone é uma amiga muito querida”. “Eu fui amigo do pai dela, sou amigo da mãe. Eu não sou porta-voz da Simone.”

Com informações do UOL.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *