Radialista Rui Agostinho morre vítima de Covid-19

O radialista Rui Agostinho Campos morreu vítima de Covid-19 durante a madrugada deste domingo (6). O comunicador era carioca, radicado em Alagoas, e tinha 69 anos.Atualmente ele trabalhava na emissora alagoana Educativa FM, que é vinculada ao Instituto Zumbi dos Palmares (IZP).

“Diretores e funcionários do Instituto Zumbi dos Palmares, (Rádio Educativa FM, Rádio Difusora AM, Rádio Educativa FM, Arapiraca e TV Educativa) estão profundamente consternados, com falecimento do querido companheiro Rui Agostinho, mais uma vítima do Covid-19. Externamos aos parentes e amigos o nosso mais profundo voto de pesar, rogando ao Pai Eterno que o receba em sua morada”, escreveu o presidente do IZP, Augusto César em uma nota oficial sobre a morte de Rui.

Mácleim, músico alagoano, publicou um texto nas redes sociais em homenagem ao comunicador. Na publicação ele agradece pelos anos de amizade e pela dedicação de Rui ao trabalho na Rádio Educativa FM. Além disso, ele também falou sobre o que a morte do radialista representa para o rádio alagoano. 

“O Rádio Alagoano perde um dos seus mais dedicados construtores e colaboradores. Tenho certeza de que, assim como eu, toda a classe radialista está de luto com a sua partida tão inesperada e indesejada. Eu, perco um grande amigo e mestre, que me ensinou muito, e ganhou um imenso vazio e uma tristeza saudosa. À Marcia e aos seus filhos queridos, meus sinceros sentimentos de pesar e tristeza, extensivos à toda família. Que siga em paz nessa nova viagem, levando a música de qualidade e o seu coração de poeta a outros planos, em outra existência. Minha saudade, tristeza e gratidão infinitas, meu querido amigo!”, escreveu o cantor.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo