Procuradora condenada por torturar criança de 2 anos é presa


A procuradora de Justiça aposentada Vera Lúcia de Sant’anna Gomes foi presa na manhã desta quinta-feira (17) pela Polícia Civil do Rio de Janeiro . Ela é condenada por torturar uma menina de 2 anos que, na época, pretendia adotar. As informações são do G1 e da GloboNews.

Vera Lúcia foi localizada por jornalistas da GloboNews em seu apartamento em Ipanema, na zona sul do Rio, após três anos foragida da Justiça. Em 2010, ela foi acusada de torturar uma criança de 2 anos que pretendia adotar e que possuía a guarda provisória. Após denúncia de maus-tratos, o Conselho Tutelar retirou a menina do apartamento e a procuradora foi presa.

A procuradora ainda foi condenada a 8 anos de prisão no mesmo ano. Em 2014, em segunda instância, a pena foi reduzida para 5 anos e 5 meses de prisão em regime semi aberto, mas logo recebeu um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal. Em 2016, o Tribunal de Justiça do Rio decretou novamente a prisão, mas Vera Lúcia não foi mais encontrada e declarada fugitiva.

Ao ser levada por policiais para a Cidade da Polícia, Vera Lúcia se sentiu mal e foi atendida no Hospital

17/01/2019