Presos dois suspeitos de assalto à casa de idosos no Poço, em Maceió

Policiais civis da Assessoria Técnica de Inteligência e da Seção de Capturas, da Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC), prenderam em flagrante delito, na tarde e noite do sábado (14), dois homens, sendo um de 26 anos e outro de 19 anos, poucas horas após deles cometerem um roubo numa residência, localizada na Rua Dr. José Milton Correia, no bairro do Poço, em Maceió.

Na ação criminosa, que teve a participação de outros dois homens, ainda não identificados, os suspeitos, roubaram quatro TVs de LED, um aparelho de som, três celulares, um computador, além da quantia aproximada de R$ 2.500,00.

No momento do roubo, estavam na casa, um casal de idosos, de 81 e 85 anos, proprietários do imóvel, duas funcionárias da residência e uma criança de cinco anos, bisneta do casal.

Segundo relato das vítimas, eles foram surpreendidos pelos assaltantes por volta das 11h40, quando dois deles pularam o muro da residência e, em seguida, outros dois entraram no imóvel, conduzindo um veículo Chevrolet Classic, de cor preta.

Ainda de acordo com as vítimas, os assaltantes agiram com muita violência e espancaram o idoso de 81 anos, dono da residência, e também uma de suas empregadas.

O casa assaltada pertence aos pais de um policial civil que, após tomar conhecimento sobre o ocorrido, comunicou o fato à DEIC que, imediatamente, iniciou as diligências que culminaram nas prisões de dois homens, além de serem recuperados quase todos os bens roubados.

O homem de 26 anos foi localizado e preso, por volta das 17h30. Em sua residência, na quadra I, do Conjunto Cidade Jardim, em Rio Largo, foram encontradas as quatro TVs de LED e um computador.

Já o homem de 19 anos foi preso, aproximadamente às 20h, numa pousada pertencente à sua tia, situada na Rua Dias Cabral, no Centro de Maceió, onde foram localizados dois aparelhos de celular, um aparelho de som e R$ 624,00.

Após as prisões, os homens e os materiais apreendidos foram levados para a sede da DEIC para adoção dos procedimentos legais cabíveis. Dois acusados permanecem foragidos.




Botão Voltar ao topo