Polícia encontra droga enterrada no quintal de residência em Arapiraca, AL

A Polícia Civil por meio da 4ª Delegacia Regional de Polícia (4ªDRP) de Arapiraca, comandada pelo delegado Guilherme Martim Iustem, conseguiu na tarde de segunda-feira (8), localizar um ponto de armazenamento e venda de entorpecentes na cidade de Arapiraca.

De acordo com informações dos agentes da (4ªDRP), a investigação teve origem a partir de denúncias anônimas e também contou com a ajuda de colaboradores, onde foi repassado que na Rua Antônio Martins da Silva, n° 136, bairro Guaribas – Arapiraca-AL, uma jovem estaria guardando drogas para um traficante, o qual cumpre pena no presídio de segurança máxima Baldomero Cavalcante.

A partir dessas informações foi organizado um trabalho com supervisão da Gerência de Polícia Judiciária da Área 3, dirigida pelo delegado Mario Jorge Barros e apoio da Delegacia Geral de Polícia Civil.

No local os policiais encontraram a jovem, que é natural da cidade de Arapiraca, a qual em primeiro momento falou que havia apenas uma pequena quantidade de drogas para uso próprio. Porém os agentes notaram que na parte do fundo do imóvel tinha um pequeno quintal, onde a terra parecia estar bastante mexida. O local foi escavado pelos policiais que encontraram um tambor de cor azul enterrado. No interior desse primeiro tambor havia aproximadamente 20 quilos de maconha prensada.

Entretanto os policiais perceberam que a jovem não expressava preocupação com a quantidade encontrada de entorpecentes. Então, a equipe continuou a procurar mais drogas, sendo encontrado outro tambor com mais maconha e 5kg de cocaína embalada em cinco tabletes de um quilo cada. Ao total foram encontrados aproximadamente 38kg de maconha e 5Kg de substância em barra alógena a cocaína.

A mulher, os entorpecentes e demais materiais apreendidos foram levados até a Central de Polícia de Arapiraca para os devidos procedimentos.

O delegado Guilherme Martim Iustem parabenizou os agentes pelo trabalho realizado e informou que outras diligências serão realizadas para identificar os envolvidos nesse grupo criminoso que vem atuando na cidade de Arapiraca.

O delegado solicita que a sociedade continue colaborando com informações através do Disque Denúncia 181. Toda informação através desse meio é bem-vinda e ajuda a Polícia Civil e a Polícia Militar no combate à criminalidade no estado.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!