Polícia Civil prende padrasto suspeito de abusar e engravidar enteada de 14 anos

Um trabalho integrado por unidades da Polícia Civil de Alagoas conseguiu prender, nesta terça-feira (1º), um homem suspeito de ter abusado a enteada de 14 anos de idade que está grávida. O caso aconteceu no município de Porto Real do Colégio, no interior de Alagoas.

A ação, realizada por policiais civis da Delegacia de Porto Real do Colégio (85º DP), comandada pelo delegado Rômulo Andrade, e da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), prendeu o suspeito de 45 anos de idade no município de Olho D’Água das Flores, no Sertão alagoano, para onde fugiu após ter sido revelado que era o responsável pelo abuso praticado contra a jovem e que o caso havia sido registrado na Polícia Civil.

Segundo o agente Welber Cardoso, da Delegacia de Porto Real do Colégio, à Polícia Civil a adolescente disse que era abusada sexualmente pelo padrasto desde que tinha 11 anos de idade, e que nunca havia dito nada porque tinha medo dele.

De acordo com o agente da Polícia Civil, o caso veio à tona após a criança sentir dores na barriga e procurar o Posto de Saúde do município para ser atendida. No local, ela foi examinada por uma médica que desconfiou da gravidez, sendo confirmada com a realização de exames mais detalhados.




Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo