Plenário aprova urgência para votar pena maior contra violência doméstica; acompanhe

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Dep. Odorico Monteiro (PSB-CE) preside a sessão
Dep. Odorico Monteiro preside a sessão

Os deputados aprovaram regime de urgência para o Projeto de Lei 301/21, que amplia penas para crimes cometidos em contexto de violência doméstica, incluindo calúnia, difamação, injúria e ameaça.

Assista ao vivo

Representando o governo, o líder do PSC, deputado Aluisio Mendes (MA), defendeu a urgência da proposta por oferecer penas mais duras para violência contra jovens e adolescentes. “São crimes que têm chocado a sociedade brasileira”, comentou.

Deputadas da oposição ponderaram que, apesar de a proposta aumentar penas de crimes contra mulheres, a matéria não deveria ser votada em urgência por sua complexidade. “É preciso mais cuidado para deliberar em uma tendência punitivista, que nem sempre ajuda os graves problemas de violência na sociedade”, afirmou a deputada Luiza Erundina (Psol-SP).

O Plenário prossegue votando requerimentos de urgência.

Confira a pauta completa da sessão

Mais informações a seguir

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo