PC esclarece latrocínio de mototaxista e prende suspeitos em Teotônio Vilela, AL

A Polícia Civil de Alagoas esclareceu o latrocínio de um mototaxista, ocorrido no dia 2 deste mês (sexta-feira), no Bairro Alto da Rosa, área rural do município de Teotônio Vilela, e prendeu três pessoas, além de apreender uma menor de idade.

O delegado Arthur César, titular do 79º Distrito Policial, informou que os policiais cumpriam nesta terça-feira (6) mandado de prisão temporário, relativo ao homicídio de um homem identificado como Ronaldo Aureliano de Barros, de 40 anos, registrado no dia 29 de setembro deste ano, quando acabaram elucidando o latrocínio.

No local do cumprimento do mandado, foi descoberta uma boca-de-fumo, onde a motocicleta pertencente ao mototaxista assassinado foi encontrada. Quatro pessoas foram detidas, entre elas, uma menor.

Segundo o delegado, um dos presos participou do latrocínio e também da morte de Ronaldo. Além da moto roubada no latrocínio, a polícia apreendeu também maconha, crack, duas balanças de precisão, dois celulares, álbum fotográfico, dois capacetes, dois casacos e carteira.

De acordo com as investigações, o mototaxista José Adão Gomes dos Santos, 48 anos, realizava uma corrida quando foi surpreendido por dois indivíduos em outra motocicleta.

O garupa teria descido do veículo e efetuado disparos contra a vítima, que faleceu no local, tendo os criminosos fugido na ocasião, levando a motocicleta da vítima, modelo Honda/CG 160 Start, de cor preta e placa QLH-8910, agora recuperada pela polícia.

Com as prisões ocorridas na boca-de-fumo, o delegado espera esclarecer também o assassinato de Ronaldo, morto no bairro no bairro Caixa D’agua, naquela cidade.

Há informações de que Ronaldo tinha envolvimento com vários delitos, e em maio deste ano teve a casa incendiada por um desentendimento com traficantes e usuários de drogas.




Botão Voltar ao topo