Para Kajuru, declarações de Ricardo Barros sobre a CPI da Pandemia foram desrespeitosas

Em pronunciamento nesta quarta-feira (13), o senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) criticou o líder do governo na Câmara, o deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), pela declaração dada à imprensa de que o procurador-geral da República, Augusto Aras, iria arquivar o relatório a ser apresentado pela CPI da Pandemia, de autoria do senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Kajuru ressaltou que Barros foi um dos alvos das investigações da CPI da Pandemia. Também ressaltou que, nessa entrevista, o deputado declarou que Calheiros estaria “desesperado”. Para Kajuru, a atitude do deputado foi desrespeitosa. Ele afirmou que o trabalho de Renan, até o momento, foi exemplar.

— Com relação ao procurador-geral da República, eu me atenho a dizer o seguinte: ele deveria ter respondido por que esse lorpa do Ricardo Barros, líder do governo, falou em nome do Augusto Aras, como se o Augusto Aras tivesse dito a ele: “Eu vou canetar e vou arquivar”. Ele [Barros] falou em nome do procurador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo