PAM Salgadinho oferta práticas integrativas para usuários do SUS

Buscando proporcionar alternativas complementares de prevenção e tratamento da saúde, o PAM Salgadinho, localizado no Poço, disponibiliza as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS). O serviço, que utiliza recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais, disponibiliza oito tipos de intervenções que se integram aos tratamentos convencionais, possibilitando mais qualidade de vida e bem-estar para servidores do município e usuários do SUS.

Dentre as práticas desenvolvidas na unidade estão acumpultura, homeopatia, reiki, quiropraxia, psicoterapia, ventosaterapia, lian gong e meditação. O serviço, que acontece de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, no Bloco J do PAM, realiza em média 120 atendimentos por dia e presta assistência a mais de 10 mil maceioenses.

“As práticas integrativas agem de forma decisiva na prevenção de agravos e recuperação ou manutenção da saúde e por isso são tão necessárias. Nosso trabalho é embasado no modelo de atenção humanizada e focada na integralização do ser que visa proporcionar mais saúde para cada pessoa atendida aqui na unidade”, explicou a coordenadora geral de Práticas Integrativas do PAM Salgadinho, Lílian Espíndola.

Como ter acesso ao serviço

A população pode ter acesso às práticas integrativas do PAM Salgadinho por meio de agendamento no Centro de Gestão Integrada da Saúde (Cegis), antigo Cora, localizado no bairro do Poço, ou indo diretamente ao bloco “J” da unidade, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

Práticas Integrativas

O campo de abordagem das práticas integrativas é a visão ampliada do processo saúde/doença e a promoção global do cuidado humano, especialmente do autocuidado. As indicações são embasadas no indivíduo como um todo, considerando-o em seus vários aspectos: físico, psíquico, emocional e social.

PICS na Atenção Primária

As Práticas Integrativas e Complementares em Saúde são transversais em suas ações no SUS e estão presentes na Rede de Atenção à Saúde. Em Maceió, além do PAM Salgadinho, algumas unidades de saúde também realizam este serviço por meio do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (Nasf), no qual os usuários têm acesso às práticas por serem cadastrados nestas unidades.

A equipe de profissionais do eNasf 1 atua na USF Village Campestre 1, USF Graciliano Ramos e USF Denisson Menezes. Estas unidades exercem as PICS para os usuários desde 2015. Dentre estas práticas estão: ventosaterapia, massoterapia, kinesio taping, medicina tradicional chinesa (moxaterapia, gua-sha). Em 2021, o serviço também passou a atender os servidores dessas unidades. E em 2017, os profissionais começaram a realizar com as Rodas de Terapia Comunitária Integrativa com usuários e trabalhadores.

A USF Rosane Collor, USF Galba Novais, USF Vereador Sérgio Quintella e a Uda Village Campestre 2 também são unidades que fazem as práticas integrativas por meio dos profissionais do eNasf 2 (terapeutas ocupacionais, fisioterapeuta e educador físico). Nestas unidades, apenas os servidores têm acesso aos serviços, que são: auriculoterapia, massoterapia, ventosaterapia e reflexologia.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo