OPERAÇÃO: BPA apreende aves silvestres e flagra supressão de 120 hectares de vegetação

Entre os dias 21 e 25 de setembro do corrente ano, o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) da Polícia Militar de Alagoas participou da operação conjunta denominada “Mata Atlântica em pé”. A ação, que teve como principal objetivo coibir o desmatamento e proteger as regiões de florestas, verificando locais que sofreram alguma ação antrópica e ocorreu simultaneamente em 17 unidades da Federação, contou com a participação do Ministério Público Estadual, do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

As ações de fiscalização se concentraram no Litoral Norte do estado, principalmente nos municípios de Maragogi, São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras, Porto Calvo e Matriz de Camaragibe. Durante os trabalhos, foi constatada em sua grande maioria a supressão da vegetação nativa para dar lugar ao plantio de culturas como mandioca, abacaxi, maracujá, graviola e feijão.

Além de constatar a supressão de aproximadamente 120 hectares de vegetação nativa de Mata Atlântica, foram apreendidas 22 aves silvestres encontradas em situação de cativeiro ilegal.  Em decorrência da operação, o BPA lavrou 40 comunicações de ocorrência policial, as quais serão encaminhadas ao Ministério Público para que sejam tomadas as medidas cabíveis a cada caso.




Botão Voltar ao topo