O custo da internet móvel em todo o mundo


Para usuários de smartphones que gostam de streaming, os dados móveis não são baratos. O custo de um gigabyte varia muito entre os países. O site britânico de comparação de preços “cable.co.uk” divulgou, recentemente, uma grande análise mundial que se concentrou em 6.313 planos de dados em 230 países. A Índia é o país mais barato para uso de um gigabyte de internet, com o custo médio de apenas US$ 0,26. O Quirguistão ficou em 2o lugar, com US$ 0,27, enquanto o Cazaquistão completou o Top 3 com US$ 0,49.

O Zimbábue é o local mais caro para internet móvel, onde um gigabyte custa, em média, US$ 75,20 – 289 vezes mais do que na Índia. Enquanto 1 GB de dados custa US$ 1,73 para os italianos, os franceses precisam desembolsar US$ 2,99, os ingleses US$ 6,66 e os alemães US$ 6,96. Os custos são ainda maiores na América do Norte, onde 1 GB vale, em média, US$ 12,02 no Canadá e US$ 12,38 nos Estados Unidos, revela o MSN.

Embora a Coreia do Sul tenha sido pioneira em infraestrutura móvel excepcional e internet veloz por anos, seus preços ainda são muito altos: em torno de US$ 15. O valor para quem usa smartphones em Seul ainda são melhores do que na Suíça, onde os custos são de US$ 20. Dan Howdle, analista de telecomunicações do “cable.co.uk”, disse que muitos dos países com custo mais baixo têm excelente infraestrutura de banda larga móvel e fixa para que os provedores possam oferecer grandes quantidades de dados a preços baixos. Em muitos casos, a economia determina que os preços devem ser baixos, pois é o que as pessoas podem pagar.

Veja, no infográfico a seguir, uma visão dos preços em 15 países selecionados, com diferenças notáveis ​​imediatamente aparentes na Europa:

Forbes

17/03/2019