Nova gestão da SMTT inicia inspeções em terminais do Benedito Bentes

O superintendente municipal de Transporte e Trânsito, André Costa, visitou o Terminal Integrado do Benedito Bentes, na manhã desta terça-feira (12), para conhecer o espaço e ouvir as demandas, visando à melhoria da qualidade do serviço ali prestado à população. Esta foi a primeira de uma série de inspeções a serem feitas pelo gestor com este mesmo objetivo.

Segundo ele, algumas intervenções do Município deverão ser feitas em breve nestes espaços, sendo uma das prioridades da pasta, conforme orientação do prefeito JHC. Toda semana, pelo menos um terminal será visitado pela equipe da SMTT (Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito).

“Estamos em um ritmo intenso de reuniões para nos inteirar da administração, estreitar a ligação com os servidores e abrir o diálogo com as categorias. Só assim construiremos soluções para a população. Temos algumas ideias, já planejadas pelo setor próprio da SMTT, para fazer nos terminais como um todo”.

No Benedito Bentes, o superintendente foi recebido pelos representantes da empresa Real Alagoas, que, com base no Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM), presta o serviço de transporte público naquele bairro. Os diretores apresentaram o equipamento ao gestor municipal e passaram algumas informações que consideravam relevantes acerca da rotina.

De acordo com o administrador da Real Alagoas, Henrique Schwambach, atualmente o terminal integrado tem um menor tempo nas paradas, melhor regularidade, permite igualdade de condições para a comunidade, intervalo mais curto entre as viagens, organiza os usuários em filas e otimiza o atendimento.

Apesar deste avanço, as dificuldades são visíveis. “Há ruas por onde os coletivos passam que não são pavimentadas, estacionamento de veículos no corredor de transporte onde fica a feirinha do Benedito Bentes 2, vandalismo, pulos nas catracas, embarque frequente pela traseira e desembarque pela dianteira, muito transporte clandestino, táxis-lotação e transporte complementar embarcando passageiros dentro do município”, elencou Schwambach.

A Real Alagoas também apresentou sugestões de melhorias para o fluxo de passageiros e das viagens. A empresa pediu para que se evite a sobreposição de linhas de ônibus e a criação da linha Benedito Bentes/Ponta Verde, via Eco Via Norte. André Costa informou que o setor responsável vai discutir a viabilidade destas solicitações, mas adiantou que se dispõe a fazer a primeira viagem inaugural nesta nova rota.

O superintendente ainda conversou com usuários, que aguardavam o transporte, e ouviu deles algumas reclamações, como tempo grande de espera, qualidadade da frota e itinerário, que poderia ser modificado para atender às comunidades. Os apelos foram anotados e serão discutidos em breve pelos técnicos do órgão.

A agente Paula Isanelle, do setor de planejamento da SMTT, informou que o órgão dispõe de dados das catracas dos ônibus, mas a presença dos fiscais de transporte e as demandas que surgem da população, inclusive pela central de atendimento 181, são importantes para nortear as ações a serem executadas. “É um trabalho de muitas mãos, concentrando, ainda, as sugestões das empresas de transporte, que são avaliadas criteriosamente”, detalhou.




Botão Voltar ao topo