NA SAÚDE: MP deflagra operação contra à corrupção e desvio de dinheiro público no Sertão de AL

Uma operação deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado de Alagoas e a Polícia Militar deflagraram nesta terça-feira (13) cumpre um mandado de prisão temporária contra um ex-secretário de Articulação Política de um município localizado no Sertão alagoano.

A operação denominada “Operação Embolia”, também cumpre mandados de busca e apreensão para coleta de elementos relacionados às investigações na área da saúde.

De acordo com a assessoria do MP-AL, o nome da prefeitura investigada e o alvo do mandado não serão divulgados devido ao período eleitoral. O ex-secretário municipal participou de fraudes cometidas por empresários do ramo de medicamentos, os quais teriam fornecido notas fiscais para uma prefeitura sertaneja, sem o devido repasse dos remédios supostamente adquiridos.

Além disso, o município investigado pagou grandes quantias para essas empresas responsáveis, sendo que parte dos valores foram destinados a agentes públicos, configurando o crime de corrupção.

Foram apreendidos dispositivos eletrônicos e documentos. O material vai ser encaminhado para a sede do Gaeco para ser analisado por promotores de Justiça.




Botão Voltar ao topo