Municípios são orientados para vacinação de bancários habilitados no Programa Nacional de Imunização

Após seis meses de vacinação, com marca superior a 1,6 milhão de doses aplicadas, Alagoas agora figura como a quinta unidade da federação que mais aplicou os imunizantes contra a covid-19 nos municípios. Nesta segunda (26), a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) decidiu, junto à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e ao Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), reduzir a frequência da Comissão da Saúde para sessões quinzenais. De acordo com o superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, Hebert Charles, a mudança ocorre pelo andamento das campanhas estarem “mais sistemáticas, daqui pra frente os casos da doença devem cair com a aplicação da segunda dose, que completa o ciclo vacinal”. 

A meta da comissão é que, até novembro, os municípios tenham aplicado a primeira dose em toda população com a chegada de mais imunizantes. Nesta semana, até sexta (30), a Sesau foi informada que serão repassadas 81.750 doses da AstraZeneca/Fiocruz, 17.300 da AstraZeneca/Covax Facility, 53.600 da CoronaVac/Butantan e 33.930 da Pfizer/BioNTech. O prefeito de Tanque D’Arca, Will Valença, que representou a Associação, fez um balanço das atividades com a indicação para que os gestores municipais continuem seguir o cronograma para “diminuição da faixa etária, porque não há uma disparidade na vacinação, já que o quantitativo por idade em cada município é distinto. Agora é um momento de continuar o ritmo para evitar atrasos”, disse.

Já sobre a vacinação de bancários, uma dúvida frequente dos secretários, a Comissão ressalta que apenas profissionais com vínculo em instituições financeiras reconhecidas, pelo Sindicato dos Bancários, estão habilitados na lista do Programa Nacional de Imunização (PNI) e podem ser vacinados pelos postos de campanha, o que vale para bancos e lotéricas, exceto trabalhadores de financeiras.



Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo