Mulher denuncia agressor depois de sofrer por oito anos em Arapiraca

Uma mulher de 21 anos, que sofria com agressões dentro de casa há oito anos, denunciou o crime à Polícia Militar (PM) depois de ser agredida durante a manhã deste domingo (21)  no bairro de Massaranduba, em Arapiraca. Até o momento o agressor segue foragido. 

A guarnição da Força Tarefa 04, que integra o 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM), foi acionada por volta das 6h para atender uma denúncia de violência contra a mulher, em Arapiraca. Chegando no local a guarnição encontrou a vítima, uma mulher de 21 anos, que havia sido agredida com socos antes da chegada da PM.

De acordo com a vítima, ela sofre agressões desde os 13 anos de idade. Ela também informou aos militares que o acusado tinha acabado de fugir. A guarnição fez rondas na região, mas o suspeito segue foragido. Não foi informado se a vítima precisou de atendimento médico e ela foi orientada a procurar a Central de Polícia Civil da região. As identidades, e o parentesco, dos envolvidos foram preservadas.

Como denunciar

Para denunciar casos de violência contra mulher, em casos de emergência, basta ligar para o número 190. Outro meio de denunciar, ou solicitar ajuda, é o número 180 da Central de Atendimento à Mulher. Ambos os serviços são gratuitos, funcionam 24h e não exigem a identificação do denunciante. 

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo