MPAL fiscaliza vacinação contra a Covid-19 em drive thru instalado no Jaraguá

O promotor de Justiça, Paulo Henrique Prado, da 67ª Promotoria de Justiça da Capital, esteve na manhã desta quinta-feira (28), no bairro do Jaraguá, para fiscalizar o processo de vacinação contra a Covid-19, especificamente destinada a pessoas idosas a partir de 85 anos. Essa é a segunda etapa da vacinação em Alagoas, sendo a primeira para servidores da linha de frente da Saúde, idosos em abrigos e indígenas.

O promotor ressalta que o papel do Ministério Público é garantir que o público-alvo seja, de fato, o selecionado para tomar a vacina nesse momento.

“Acompanharemos até o fim todo o processo, para que tudo transcorra de forma transparente, ética, dentro do definido pelo Ministério da Saúde. Estados e municípios devem se moldar e trabalhar de forma honesta para não atropelar decisões e direitos”, diz o promotor.

O Ministério Público tem averiguado toda e qualquer denúncia em relação ao processo de vacinação e lembra que a população pode fazer as denúncias pelo aplicativo da Ouvidoria ou pelo e-mail [email protected]

“Continuamos atentos e prontos para agir diante da comprovação de qualquer irregularidade, preferindo que a dinâmica de atendimento siga o trâmite correto. Se há prioridade, público selecionado para receber a dosagem, que seja cumprida a determinação”, conclui Paulo Prado.

Durante a inspeção, o promotor de Justiça verificou armazenamento das vacinas e observou o público que estava sendo contemplado no espaço instalado pela Prefeitura de Maceió.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!