Marx Beltrão se reúne com Ufal e sela apoio ao projeto do Observatório da Educação

O deputado federal Marx Beltrão (PSD) selou nesta quinta-feira (14) apoio a um projeto inovador da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e da Fundação Universitária de Desenvolvimento de Extensão e Pesquisa (Fundepes) rumo à melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) dos municípios alagoanos. Trata-se do projeto do Observatório da Educação Básica, que foi debatido em reunião realizada na Universidade com a presença do reitor Josealdo Tonholo e da equipe de gestão da Universidade. A deputada federal Tereza Nelma (PSDB) também participou do encontro, igualmente declarando apoio à proposta.

“Vamos apoiar com emendas parlamentares as atividade do Observatório, porque a Ufal tem muito a colaborar com a educação dos municípios de Alagoas e este projeto atuará junto aos municípios do estado, não somente traçando um raio-X da educação básica alagoana como auxiliando as cidades no desenvolvimento de políticas e ações educacionais de sucesso” afirmou Marx Beltrão. O parlamentar vem destinando recursos para investimentos no setor em diversos municípios alagoanos e integra participa na Câmara dos Deputados, em Brasília, da Comissão de Educação da Casa.

Pelo Projeto, pesquisadores do Centro de Educação (Cedu) da Ufal irão realizar um amplo mapeamento dos indicadores educacionais do estado, com foco na educação básica, e apoiar as demandas das prefeituras na busca pela melhoria dos indicadores educacionais, pelo combate ao analfabetismo, pela redução da evasão escolar e pelo desenvolvimento e aplicação de novas metodologias educacionais. A expectativa é de que o projeto já comece a atuar em 2021, sendo também desenvolvido em parceria com a Universidade de Valência, na Espanha.

O IDEB alagoano nos anos iniciais do Ensino Fundamental alcançou a marca de 5,3 pontos, ultrapassando a meta de 4,3 estipulada para 2019. Para os anos finais do Ensino Fundamental, o estado atingiu 4,5 pontos, sendo a meta estipulada pelo MEC de 4,1. “Os números mostram que Alagoas vem avançando na luta pela melhoria da educação, mas a Ufal quer e vai se posicionar de forma ainda mais ativa neste trabalho coletivo e cidadão. “Com o Observatório, teremos uma ação de extensão estruturada e focada em apoiar as gestões municipais nesta tarefa que deve ser de todos, que é conquistarmos uma educação de excelência em nosso estado”, afirmou o reitor da Ufal, Josealdo Tonholo.




Botão Voltar ao topo