MARX BELTRÃO PARA RENAN FILHO: “sancione urgentemente” o projeto que libera transporte complementar na pandemia

“As famílias que vivem do transporte intermunicipal de passageiros em Alagoas estão em situação de falência. Este serviço está parado na pandemia do coronavírus, impedido de circular. São milhares de trabalhadores parados e sem renda. Uma tragédia. As pessoas que precisam deste transporte, inclusive para terem atendimento de saúde, estão desassistidas. Estão privadas do direito de ir e vir. Não têm como sair de suas cidades sem os serviços das vans, dos táxis e dos microônibus”. Estas foram as palavras utilizadas pelo deputado federal Marx Beltrão (PSD) fazer um apelo ao governador Renan Filho (MDB).

E o apelo foi para que o governador sancione o projeto de lei de autoria da deputada federal Cibele Moura (PSDB) que permite que o transporte intermunicipal por vans, microônibus ou táxis continuem a operar normalmente, mesmo no estado de calamidade adindo das medidas do combate ao coronavírus. O projeto já foi aprovado pelo plenário da Assembleia Legislativa e aguarda somente a sanção do governador Renan Filho. Marx Beltrão fez uma defesa veemente da aprovação da proposta pelo Executivo estadual.

“Eu peço em nome dos trabalhadores do setor que o Governo sancione urgentemente este projeto de lei. Aos dirigentes da ARSAL peço que auxiliem o governo nesta tarefa de sancionar este projeto. Não dá pra esperar mais. A resposta precisa ser rápida. Eu venho pedindo constantemente desde o começo da pandemia que taxistas, Vans e microônibus que fazem o transporte intermunicipal possam voltar a operar com normalidade. Por isso venho aqui fazer um apelo aos dirigentes da ARSAL e principalmente ao Governo do Estado”, reiterou Marx Beltrão.

Antes do projeto aprovado, na sessão de 9 de junho na Assembleia Legislativa de Alagoas, parlamentares também se posicionaram para pedir que o transporte alternativo intermunicipal, o conhecido transporte complementar de passageiros, seja autorizado no estado. Em 12 de maio, ônibus e microônibus utilizados no transporte complementar de passageiros de Alagoas ficaram estacionados nas proximidades do Lago da Perucaba, em Arapiraca, em ato de protesto contra a suspensão dos serviços durante a pandemia.




Botão Voltar ao topo
Fechar