Marcelo Beltrão “cega” diante do caos no atendimento a pacientes com coronavírus em Penedo

Há alguns dias, o deputado estadual Marcelo Beltrão (PP) foi às redes sociais tentando desqualificar o atendimento de saúde de Coruripe diante da pandemia do coronavírus. Mesmo Coruripe dando exemplo com quase 45 leitos exclusivos para a Covid-19 e com Centro de Triagem de Síndromes Gripais em funcionamento, a saúde do município foi criticada sem fundamento pelo parlamentar.

Só que enquanto critica sem razão o atendimento de Coruripe, Marcelo Beltrão se esquece de falar sobre o caos no atendimento voltado aos pacientes de coronavírus em Penedo, governada por seu irmão, Március Beltrão. Nesta semana, “bombou” na internet um áudio de uma cidadã penedense indignada com a precariedade do município no atendimento aos portadores de Covid-19.

Parece que para Marcelo Beltrão, “pau que dá em Chico, NÃO dá em Francisco”.

Em entrevista à rádio Grande Rio da cidade de Penedo, Vaneide Faustino, filha de Faustino dos Santos, vítima da Covid-19, desabafou e mostrou o descaso da prefeitura de Penedo na gerência da crise do novo coronavírus. Segundos os familiares da vítima, ela não recebeu o atendimento adequado para o tratamento da doença. Ainda segundo informações, o corpo da vítima não pode ser liberado por falta de “saco de necrotério”, o que causou ainda mais revolta para a família da vítima.

Penedo que tem um prédio sendo reformado pela prefeitura para receber 10 unidades de UTI, vê as obras atrasadas e a população sem a assistência adequada. Semana passada dois vereadores da cidade foram ao local das obras e comprovaram o ritmo lento em que elas estão sendo executadas. O secretário de Saúde de Penedo é Marcos Beltrão, irmão de Marcelo e de Március.




Botão Voltar ao topo